5.9.11

sábado foi peixe, domingo calzone

Final de semana é uma tradição as pessoas capricharem na cozinha, não é? Aqui em casa tem sempre uma surpresa, sábado e domingo é dia de novidades, Tunico é criativo e curte fazer novas experiências.
No sábado comemos robalo com molho de camarão, cogumelos e alcaparras, acompanhado de batata soutè.


Depois de temperar o peixe, foi empanado com um pouco de farinha de trigo, regado com azeite e foi ao forno, quando saiu recebeu um molho feito na manteiga com camarõezinhos, cogumelos fatiados, alcaparras e salsinha. O robalo é um dos peixes mais saborosos para mim, macio e carnudo, o prato servido com arroz branco ficou uma delicia.


Para adoçar a boca fechando a refeição, uma das minhas sobremesas prediletas: Romeu&Julieta.

No domingo foi a vez de receita nova, um calzone super recheado, com muito capricho. Antes, pela manhã bem cedo plantamos a jabuticabeira que compramos há duas semanas, foi uma luta conseguir tirá-la da lata onde veio plantada, para não desmanchar o torrão. Essa árvore tem 2 anos e pelo jeito já vai dar jaboticaba ainda esse ano, tem um brotinhos da fruta bem miudinhos no tronco.


Com a nova habitante instalada no jardim, foi a vez da cozinha intercalada com os vôos no flight simulator, prepara a massa, deixa crescer, faz um vôo, confere a massa, outro vôo, é desse jeito que ele gosta de relaxar nos fins de semana.

a mesa da cozinha é o lugar ideal para preparar e sovar a massa

Se quiser fazer essa receita vai precisar de: 1 tablete de fermento biológico (15g), 150ml de água morna, 1 colher (chá) de sal, 1 colher (sopa) de azeite. 2 e 1/4 de xícaras (chá) de farinha de trigo. Coloque o fermento para dissolver na água morna, adicione o sal e o azeite. Despeje a farinha aos poucos e vá misturando com uma colher, quando ela se soltar da vasilha sove sobre uma superfície enfarinhada até que a massa não grude nas mãos. Forme uma bola, cubra e deixe descansar até dobrar de volume, uns 40 minutos. Sove novamente por uns 5 minutos, cubra e deixe descansar por mais 40 minutos. Abra com um rolo para formar um disco.


A massa fica fina, cubra com molho de tomate.


Cozinhar acompanhado de uma taça de vinho ajuda para que a comida fique mais gostosa, afinal a boa comida só é boa porque é feita com alegria, esse é um ingrediente essencial. Nessa etapa é bom já colocar a massa na assadeira untada para colocar o recheio, o Tunico fez tudo na mesa e depois precisamos nós dois fazermos um malabarismo com duas espátulas largas para transferir o calzone para a assadeira, mas eu certo! Cozinha é diversão!


Coloque o que mais gostar no recheio, essa foi feita com muzzarella, queijo coalho, presunto, azeitonas, cebola e ovos cozidos, ao estilo "portuguesa". Não esqueça do orégano no molho.


Com um pincel passe manteiga nas bordas do disco que é para "colar" e regue com um pouco de azeite.


Dobre e prenda as pontas como se fosse um pastel gigante. A etapa seguinte que foi a mais complicada, passar isso para a assadeira, então sugiro que faça esse procedimento já dentro da assadeira.


Antes de levar ao forno pincele com uma gema de ovo batida. 


Enquanto o calzone está no forno por mais ou menos 35 minutos, temperatura alta, arrume a mesa, como sempre digo, essa é uma parte importante para a comida ser apreciada como deve e fica muito mais gostosa. Não precisa de muita coisa, aqui em casa o lugar de comer é na varanda.


Outra coisa importante para fazer é abrir o vinho. Já tínhamos tomado um pouco de sobrou de um merlot argentino do sábado, então fomos de carmenère chileno, refrescado, porque com as temperaturas daqui da Bahia, os tintos precisam dar uma passadinha na geladeira. Toda vez que eu uso um saca-rolhas (ainda não acertei um bom) lembro-me do nosso amigo Nescau (rs).


E eis que chega à mesa exalando um cheirinho delicioso! hummmmm...


O primeiro pedaço foi meu! A massa ficou leve, fininha, macia e crocante, o recheio maravilhoso! A nota que eu dei?...  10, é claro!


Esta receita serve bem 4 pessoas, como estávamos só nós dois, almoçamos e jantamos calzone! (e eu comi o último pedacinho hoje de manhã)


De sobremesa teve quindim, não foi feito em casa, é da doceria do supermercado daqui de perto de casa.

o cochilinho depois do almoço faz parte do fim de semana...

*

4 comentários:

Ly Mello disse...

Juju, como vc é bandidaaaaaaaaaa!
Como fica essa pobre pessoa aqui no trabalho com a boca cheia d'água?
Eu amo calzone e esse aí está de encher os olhos.
Bjs.

Inês disse...

Ju

Essa receita pela foto deve ser uma delícia!
E nós com descendentes também do italiano, massa é!!!!!!!


Bjs
Inês

Santinha disse...

Oi Ju
Pelas fotos estava de comer de joelhos...
Os jardins na vizinhança servem como inspiração, mas eu tb. sou meio parecida com vc.; meu jardim é bagunçadinho também. Ja fiz minha hortinha só de temeperos e tenho apenas duas frutiferas.
É muito gostoso olhar suas fotos e ver a felicidade estampada!
bj e tenha uma linda semana
yvone

Vivien Morgato : disse...

Peixe com camarão já me faz dançar, queijo com goiabada ( tb adoro com doce de leite), calzone, vinho....ah, não volto mais aqui, é praticamente uma afronta...rs