13.6.10

a minha praia

Hoje fui dar uma voltinha na praia no final da tarde. Vai fazer um mês que derrubaram as barracas de praia da orla de Salvador. Não ouvi falar de nenhum projeto para as praias da cidade, vamos ver como será o próximo verão. Ventava forte esta tarde, a maré alta e o mar com muitas ondas, não é época de turistas e os baianos não vão à praia porque é inverno, apesar dos termômetros marcarem 28 graus, céu azul e sol brilhando.

Moramos a uma quadra da praia, à esquerda o supermercado onde encontramos tudo, até pãozinho fresco a toda hora. Lá ao fundo o mar, é só atravessar a avenida da orla.

Atravesso a faixa de pedestre, depois uma pontezinha sobre o rio Jaguaribe

na ponte, olhando para o lado esquerdo

na ponte, olhando para o lado direito

o 'nosso' supermercado

por toda a orla tem muitas palmas e coqueiros

só atravessar a outra pista e eis a praia

desolação... só sobrou a barraquinha dos salva-vidas, mas nem eles estão lá

alí embaixo ficavam as barracas Oásis e a Oxalá, onde, às vezes, eu gostava de me sentar no final da tarde, tomar uma água de côco ou uma roska de seriguela, enquanto o sol baixava preguiçosamente...

nenhuma barraca mais nesta parte, praia deserta... quem te viu, quem te vê


****


7 comentários:

Pablo disse...

Um espetáculo.
E assim vou conhecendo seu pedaço aos poucos.
beijão

Allan Robert P. J. disse...

O lugar continua lindo, mas muito triste.

Taia Assunção disse...

PERIGO...acho que a mensagem ficou explícita. Beijocas!

Tânia disse...

É O PARAÍSO... SOUBESSE O FRIO AQUI DO SUL!!! BEIJOS CORAÇÃO... E DIVIRTA-SE, AFINAL DE CONTAS É TÃO BOM ESTAR EM HARMONIA!!!

Viajando pelas idéias. disse...

Olá, estava fazendo uma visitinha por aqui e achei na oitava foto uma pessoa muito parecida com a Valdete, é ela?

Jussara Gehrke disse...

na oitava foto deste post tem só a barraquinha dos salva-vidas

não conheço nenhuma Valdete.

Viajando pelas idéias. disse...

Obrigada, é que achei a pessoa bastante parecida.