2.5.10

abril em Salvador

Nesta cidade só existe duas estações do ano, Verão e Inverno. Acabou o verão em março, portanto, teoricamente, estamos no inverno, o que não significa frio, mas muita chuva, e assim vai até setembro quando começa outro verão. Durante todo ano a temperatura é quente, no verão chega a 36 graus e no inverno algumas vezes faz 18 graus de madrugada.
E este abril chegou com muita chuva, na primeira quinzena do mes foram 8 dias consecutivos de chuva intermitente dia e noite, tudo fica úmido, a casa cheira mofo, mas ainda bem que depois da chuva tem muito sol e seca tudo rapidinho. Estranhei muito quando chegamos aqui há um ano, vem uma nuvem escura, a chuva cai pesada e de repente abre um céu azul com sol forte. É desse jeito o inverno baiano.


Com tanta água vinda do céu quem agradece são as plantas que crescem viçosas com muita força, nosso jardim está colorido, até entre as pedras da varanda crescem 'marias-sem-vergonha', são muitas flores no maracujá prometendo frutos abundantes.

No começo do mes Agostinho chegou para me fazer companhia, Tunico viajou para o outro lado do mundo e acabou ficando mais tempo do que o planejado por causa do caos aéreo decorrente da fumaça do vulcão. Dona Lázara também viajou, foi de férias para São Paulo.


Nos dez dias que Agostinho esteve aqui oito foram de chuva, mesmo assim passeamos bastante pela cidade, praia mesmo foi apenas no dia anterior da partida dele, estivemos na Praia do Flamengo, lugar lindo e cheio de charme com suas barracas sofisticadas com lounge, DJs e muita gente bonita. Fomos ao Bonfim e à Ribeira na famosa "Segunda da Ribeira", uma festa com muita música que acontece todas as segundas-feiras, nem a chuva espantou quem queria se divertir. Encontramos amigos, ouvimos musica em casa, demos muita risadas, tivemos longos papos, e eu agradeço à internet, podia conversar com Tunico todos os dias pelo skype.


Comidas!! Foram muitas, em casa e em restaurantes, conhecemos lugares novos, experimentamos comidas diferentes, Toda vez que Agostinho vem pra cá eu tenho a oportunidade de ir à muitos lugares que tenho vontade, e aproveito para ir conhecendo mais a cidade, não só os pontos turísticos, vamos descobrindo cantinhos. Coisa boa é ter um amigo assim, animado e tão querido.


Ralph Segundo e Zeca Nagô com 3 meses fazem muitas estripulias, e como crescem esses danadinhos! São muito espertos como todas as crianças, as plantas do jardim são um enorme atrativo para eles, já destruiram muitas, até 2 pés de cajú que já estavam bem grandinhos. Além das plantas também foram 5 pés de havaianas, um pé de uma sandália de couro minha, a pulseira de couro do meu relógio, um colar de pedrinhas azuis, um travesseiro, e não dá pra descuidar da porta do banheiro senão vão lá puxar o rolo de papel higiênico. Mas esses bichinhos dão grande alegria pra gente, são doces, carinhosos e lindos!


A casa tem ficado cada vez mais gostosa, o verde está tomando conta dos muros, a varanda é o ponto central da casa, é aqui que passamos grande parte do tempo jogando conversa fora, ouvindo música, lendo jornais, revistas, livros, as redes são um convite para leituras, reflexões e sonecas, é na varanda que recebemos os amigos, enfim é onde tudo acontece aqui em casa. Mudamos o quarto de hóspedes, está pronto aguardando as visitas.


E aqui estou rodeada de coisas simples e belas, por isso mesmo estupendas. Tem o céu muito azul que de vez em quando se enche de nuvens formando imagens encantadoras, o mar imenso que transmite uma energia fabulosa à esta cidade, flores que enchem de colorido a casa, o Joca, nosso companheiro, nossos livros e discos... e a alegria de viver neste lugar.

4 comentários:

Anônimo disse...

Amiga! Que delícia seu "diário de bordo"!

Você escreve e descreve tudo tão bem, que parece que a gente está aí, juntinho com você, nessa sua casa tão linda e aconchegante. Não é à toa que o sorriso não sai de sua boca...e nem da minha, vendo você tão feliz!

beijos, minha linda!

Ludmila

Anônimo disse...

Oi Ju! Tudo bem?
Adorei esse post de abril, lindo e quanta mudança na casa...Fiquei curiosa com o quarto de hóspedes...O que tem de novo?

E quando vcs virão para cá, o casamento do filhão já está chegando...

E o Tony "ao redor do mundo" já está bahiano novamente?
Bjs e esperando vê-los brevemente em terras paulistas, Lila

Jussara Gehrke disse...

Lila,

mudamos os quartos, onde era quarto de hóspedes, o quarto maior agora é nosso escritório e o de hóspedes foi para o menos, mesmo assim grande para receber nossos amigos!

Jussara Gehrke disse...

corrigindo...

o quarto de hóspedes foi para o menor

(isso que dá digitar rapidinho)