8.8.10

como será o próximo verão?

Há pouco tempo uma ordem do Governo Federal mandou a Polícia Federal derrubar todas as barracas de praia da orla de Salvador, foi uma operação violenta porque passaram com trator por cima das de tudo, foi uma destruição. Com isso mais de 20 mil pessoas perderam trabalho, e nós os moradores e os turistas perdemos lugares para curtir a praia com drinks, aperitivos, música ao vivo. As barracas sempre foram uma atração nas praias aqui. 


Há pouco de mais de um ano que moramos aqui e esse pedaço de praia fica praticamente em frente de casa, é só atravessar a avenida. Foi o Serginho, que alegremente servia na Oásis, o meu primeiro amigo na cidade.
Agora quando passo por lá não tem como virem lágrimas nos olhos, foram muitos momentos agradáveis olhando o mar, tomando água de côco no por-do-sol, ou com amigos tomando cerveja e comendo caranguejo e todos os pratos deliciosos que Serginho preparava, peixes bom demais!


Resta a saudade de tudo isso e fica a pergunta: como será o próximo verão?
Outro dia encontrei Serginho na rua e perguntei quem vai preparar minhas róskas de seriguela, ele me respondeu "leva numa térmica". Pois é, parece que em Salvador teremos que voltar ao tempo de levar cadeira de armar, guarda-sol e isopor para a areia. E esse sorriso acolhedor e a alegria da barraca? 
Vai ficar na saudade...

4 comentários:

Allan Robert P. J. disse...

Juju,

Andei lendo que todas as barracas entre Amaralina e Lauro de Freitas serão destruídas, além daquelas que já foram derrubadas. E que, em breve, não existirá nenhuma barraca sobre a areia.

A minha indignação é que não ofereceram nenhuma alternativa ou ajuda aos que das barracas ganahavam o próprio sustento. Refazer a orla para acomodar estabelecimentos com estruturas mais adequadas e respeitar a lei é uma coisa, mas o que fizeram em Salvador é desumano!

Santinha disse...

Menina, mas que gente besta é essa... As barracas de Salvador sao point conhecidos por todos os brasileiros que visitam a cidade.
Eu amo!
PROTESTO!!!!

Renata disse...

Juju.......lá no fundo do meu coração acho que as praias estarão mais limpas. Vou na praia desde a barra até Lauro desde menininha de fraldas. Morei em Jaguaribe desde meus 9 anos até os 25...sou frequentadora da praia da 3ª ponte( esta sem barraca nenhuma desde sempre) e sempre amei. CLARO que para tudo existe excessão e devem existir algumas barracas com nota superior a 7 à título de limpeza e higiene... Fica a saudade para quem gosta. Eu não gosto..Fico com dó dos trabalhadores..mas eles acharão seus caminhos.

Jussara Gehrke disse...

Renata,

as praias estão mais limpas e mais tristes também, quem vai curtir uma praia assim?

eu gostava muito da "minha barraca Oásis" e ser recebida pelo alegre Serginho, sinto falta disso.

espero que os 20 mil trabalhadores encontrem um bom caminho.