18.2.10

eles chegaram!

Logo de manhã chegaram os novos habitantes da casa, e como todo bebê passam a maior parte do dia dormindo. Ana Rita, a criadora, os trouxe com um travesseiro com o cheiro da mãe Hanna, brinquedinhos e a ração especial que estão acostumandos.

brincam um pouquinho e caem num soninho gostoso,
estão tranquilinhos os baianinhos soteropolitanos
 
Ralph Segundo


Zeca Nagô

16 comentários:

Eliana disse...

Ju, que lindinho...

ana_didi disse...

Ju!
Que delicinhas, gostosinhos, fofinhos que dá vontade de encher de beijos :)
Parabéns!
Muita felicidade e alegria para vocês todos nessa casa.
beijos
de
Didi

joilma disse...

Ai ai estou apaixonada pelos novos moradores desse delicioso lar. E detalhe são super fashion essas coleirinha.

Amei

Beijos

Juju - ano IV disse...



a criadora é tão caprichosa que ela fez pessoalmente colerinhas diferentes para cada um dos 6 filhoes, das meninas eram florzinhas coloridas e dos meninos bolas de futebol

Anhuska disse...

Ju, muito lindos! Você é uma tarada; adora se ver cercada de machos

Renata disse...

Nagô vai dar trabalho - tô sentindo..rs....lindos nomes!!!!

agostinho gomes disse...

Jú, que belezinhas, adorei, logo logo vai ser um trio latindo na janela.. verdadeira serenata.
Chego em tempo do batizado?
bj enorme
Agô

joilma disse...

Ai que máximo Ju, isso que uma baita demonstração de carinho com esses animais, Ah! e o Joca me conta como foi a recepção dele com esses fofos.

Anônimo disse...

Lindos! bjs, Lila

Anônimo disse...

Oi Juju...
que saudade dessa casa linda que ao entrar sentimos tao a vontade q nao da vontade de sair, o coisa boa!!!
Que maravilha hj entao estao chegando novos moradores!!rsrs
Beijos!
Ana Ligia.

Inês disse...

Ju:


Que eles tragam a alegria que vocês estão precisando.

Ninguém substitui um vazio, mas os danadinhos são lindinhos, não?
É isso, cheios de amor prá dar!!!!!!!
Os dois são machos?
Zeca já tava de bom tamanho, para quê esse nagô?


Bjs,

Inês

Jussara Gehrke disse...

Inês,

Nagô é nome que se dá a todo negro que falava ou entendia iorubá, uma lingua africana.

"Baianidade Nagô"

Já pintou verão
Calor no coração
A festa vai começar
Salvador se agita
Numa só alegria
Eternos Dodô e Osmar

Na avenida Sete
Da paz eu sou tiete
Na barra o Farol a brilhar
Carnaval na Bahia
Oitava maravilha
Nunca irei te deixar, meu amor
Eu vou
Atrás do trio elétrico vou
Dançar ao negro toque do agogô
Curtindo minha baianidade nagô ô ô ô ô

Eu queria
Que essa fantasia fosse eterna
Quem sabe um dia
A Paz vence a guerra
E viver será só festejar


pois então, o Zeca nasceu em Salvador e é negão, portanto um nagô, agora se entende iorubá vamos ver com o tempo...rsrs

Anônimo disse...

Lindos!

Os bebês de todas as espécies são lindos!

Saúde para seus filhotinhos

Lou

Allan Robert P. J. disse...

Filhotes são sempre lindos e bem-vindos. A festa dura o dia inteiro, basta ter energia para acompanhar.
Boas vindas aos novos habitantes! :)

Cris disse...

Jussara amo ver sua casa e ler suas estórias é como um livro me faz viajar ,continue sempre assim vc é maravilhosa

Susi disse...

Saudade de voce, tudo bem por ai? Ja vi que tem novidades,que coisa mais linda e 2 de uma vez? Bom com todo esse espaço que deve ter ai..
bjks