9.2.10

Ralph se foi...

Hoje faz 7 dias que Ralph nos deixou. Era dia de Iemanjá. Fiquei abalada, mesmo sabendo que ele estava velhinho e com o coração fraquinho, mesmo sabendo que a qualquer momento ele poderia partir. Senti demais e ainda choro quando lembro da carinha doce dele me acompanhando onde quer que fosse, sempre alegrinho, contente, rabinho abanando, latindo para pedir petiscos, brincando de pega-pega correndo em volta da mesa, deitado embaixo da mesa do computador, dormindo nos nossos pés de noite na cama, olhando pela janela quando saíamos de carro, correndo na praia, entrando no mar, ele se divertiu muito!
Não ficou doente, na noite anterior ainda brincamos bastante e de manhã teve dificuldade para respirar, foi para o veterinário, balão de oxigênio, foi entubado e não aguentou.
É difícil ainda olhar sua coleira que seu filho Joca herdou, lembrar de seu olhar pidão e carinhoso, ouvir só um cachorro latindo no quintal.
Já encontramos outro Ralph, um salsicha-aperitivo, como brinca nosso amigo, vamos buscá-lo e o Joca deixa de ser filho para assumir o papel de pai, vamos ver como ele vai se sair.

Saudade Ralph, amigo e companheiro, sua alegria nos contagiava, continue brincando muito aí onde está, olha lá a bola, corre pra pegar!

14 comentários:

agostinho gomes disse...

Jú, fico felz que tenha conseguido externar seus sentimentos. Ralph era mesmo um alguém canino muito especial ! Todos nós que o conhecemos partilhamos com voce esta sensação. Quando perco alguém que amo gosto de pensar : maior que a dor de perder um amor, somente a dor de não ter amado! Isto sempre me consola !!!
Beijo grande !
Agô

Taia Assunção disse...

Oh Juju, sinto muito. Como é triste perdermos nossos bichinhos. Fico pensando quando essa hora chegar para os meus, minhas meninas são muito apegadas à elas. É uma pena que os animais normalmente vivem menos que nós. Beijocas e cuide-se.

Angela Ventura disse...

Oi, Ju!
Força amiga! Agora tem mais uma estrelinha no céu para iluminar as suas noites baianas...

Fica em paz!

Abraço

eliete disse...

Eu,que só conheci o Ralph virtualmente,chorei com vc,Ju.....

Cristina disse...

Ai Jussara...... quase morri aqui.... sem conhecer o Ralph pessoalmente já chorei de montão aqui...... Perder um amigo destes, um filho mesmo, é terrível..... mas que bom que vc já arrumou mais um...... vc está corretíssima.... é isso aí.....

Bjs

Cris

Ecore disse...

Ai Ju que linda e singela homenagem....só de ver as fotinhas dele me pus a chora, imagino só como você deve está, mais força amiga, porque sei bem que ele não era apenas um animal de estimação e sim o grande companheiro.

Arrume mesmo o companheiro para Joca, porque assim como você ele deve está sentido muito a falta do Ralph.

Bjs

Renata disse...

Juju, cachorro é isso, vira filho né? Meu Fofão(poodle) morreu pertinho do natal do ano passado com, acredite, 21 anos.Muita coisa né mesmo???quase vai para o guinnes...Nos apegamos, mas vou te falar uma coisa, de verdade. melhor ser assim, de um dia para o outro do que ter um cachorro cheio de dores e nós sem poder fazer muita coisa, só assistí-los definhar, como foi o caso do meu Fofão. O que poderíamos fazer? Bem, o bom é que eles estão juntos no céu divertindo a todos por lá! Força!

ana_didi disse...

Ohh Ju, lamento...a dor ao se perder um desses companheiros de vida é imensa. Mas vocês se fizeram felizes e se amaram e essa é a poesia da vida.
um beijo
de
didi para você

Viviam Matos disse...

Ai, Juju, fiquei muito sentida quando vi a notícia pelo orkut... Senti muito mesmo... Doeu em mim. Tenho meus gatinhos e tenho muito medo de perdê-los (hoje estão na casa de minha mãe, meu apê é muito pequeno para eles...). Agora o céu tem uma nova estrelinha, muito linda e sapequinha. Força, amiga!

Allan Robert P. J. disse...

Juju,

Sinto muito pela sua perda. Já tive vários cães e, por isso, já perdi vários. Sei que cada um deles é uma amizade insubstituível, como também sei que deve existir um lugar onde eles continuam a brincar, correr atrás de bolas, latir...


:(

Angélica Guimarães disse...

Senti a sua emoção daqui. Sei o quanto dói porque amo os animais e já paasei , também, por perdas.Acho que Ralph foi muito sortudo por ter feito parte da sua família e fiquem em paz com a certeza de que fizeram o melhor que poderiam e que ele sabe disso.

Vicky disse...

Soh hoje li sobre o Ralph. E triste quando os nossos bichinhos se vao.
E soh agora entendi porque o Joca vai ser pai! (Duhh!)
Mas nao sabia que Joca era filho do Ralph.
Tah lindo seu blog Ju!
Beijos!

Jussara Gehrke disse...

obrigada à todos pelos comentários

logo estarão aqui em casa os dois novos companheiros do Joca para animar a casa!

vou mostrar pra vcs quando eles chegarem

Jussara Gehrke disse...

Ralph continua presente na nossa vida

eu tive a felicidade de conviver com um ser tão doce, meigo, carinhoso e inteligente

não somos 'donos' de ninguém, as pessoas e animais ficam juntos porque existe afeto, um cão bem cuidado não foge da casa, sabe que alí é seu porto seguro, é exatamente como as pessoas, nada as prende, somos livres, e sabemos que convivência com amor é essencial para a alegria da vida

animal não tem críticas e preconceitos, ele apenas sente, não entende fingimentos, eles nos olham nos olhos e reconhecem quem os quer bem, quando gostamos deles fazem de tudo nos alegrar

Ralph foi meu querido companheiro e nos deu momentos de muita alegria, teve uma vida feliz.