11.5.11

pão italiano feito em casa

No domingo a casa ficou com cheirinho bom com o pão assando no forno, e o resultado foi melhor ainda, comer pão feito em casa quentinho, ainda mais pão italiano!
Foi a primeira vez que Tunico preparou essa receita e deu super certo, por isso passo para quem quiser provar, é só seguir direitinho que vai ter pães tão lindos e gostosos como estes.

saindo do forno

a receita

ingredientes
1 quilo de farinha de trigo
2 tabletes de fermento biológico (30 grs)
2 colheres (sopa) de manteiga
100 gramas de farinha de trigo
1 colher (sopa) de açúcar
1 xicara de água morna
1 colher (sopa) de sal
1 copo de leite
2 ovos

preparo
em um recipiente junte as 100 gramas de farinha com o fermento e a água morna, mistuere bem, tampe e deixe crescer por 15 minutos; em uma vasilha grande coloque a farinha, faça uma cavidade no centro e coloque os ovos previamente batidos, junte a manteiga, o açucar, o sal, o leite e o fermento crescido; amasse bem até a massa soltar das mãos sem ficar dura, se necessário junte um pouco mais de leite; sove a massa sobre uma superfície lisa, de preferência de madeira, até formar bolhas; coloque a massa numa bacia, cubra com uma toalha e deixe repousar; quando estiver suficientemente crescida, divida em duas e molde os pães, enrolando a massa sempre para dentro para que cresça somente para cima; coloque os pães numa assadeira untada, cubra e deixe crescer por uma hora e quinze minutos, mais ou menos; leve ao forno pré-aquecido na temperatura máxima, por 5 minutos; depois baixe para temperatura média e deixe por 30 minutos, aproximadamente; rende 2 pães grandes.

sovando a massa

faça riscos na massa com a ponta da faca

espalhe farinha de trigo sobre a massa antes de assar

depois de mais ou menos 1 hora eles saem assim do forno

o miolo fica macio e a casca crocante

o pão feito em casa tem um sabor especial

o "padeiro"

o pão dura muito(*), fica delicioso em fatias torradinhas com geléia no café da manhã

(*) quer dizer, dura muito se não for muita gente pra comer!

*

8 comentários:

Nadja Barros disse...

Afeeee!

Pensei numa manteiga derretendo numa fatia destas ainda quentinha!!

Nunca me arrisquei a fazer pão, mas esta receita ( e o resultado) estão me incentivando pra valer!!! Parabéns ao padeiro! :)

No momento estou com este bolo ali no forno!
http://www.rainhasdolar.com/index.php?itemid=3896

Recomendo e muito!!
bjs, Juju!

Nadja

amelia disse...

oi Ju,
recebi um presente e indiquei o seu blog para compartilhar. Da uma olhadinha!Beijos

http://ameliafarah-outrosolhos.blogspot.com/

tunico disse...

Ju, a receita que voce passou dá para 4 pães desses. Eu fiz meia receita.

+1 disse...

já coloquei a observação que foi meia receita.

Allan Robert P. J. disse...

Costumo comprar pão como esse que o Tunico fez - e que aqui se chama ciabatta pugliese, para diferenciar dos milhares de tipos de pães - e ponho na geladeira. São pães com fermentação lenta, de horas, e duram dias. Na geladeira, dentro de um saco plástico, costuma durar duas semanas.

Vou experimentar a receita, com atenção à observação feita pelo Tunico.

:)

Jussara Gehrke disse...

Allan
vc deve saber que aqui chamam muita coisa de "pão italiano", né?...rs

acho que esse que o Tunico fez é um dos mais comuns, a "ciabatta", simplesmente chamada assim por aqui (sem o sobrenome...rs) é feito com uma massa mais leve.

ah... que maravilha os pães dai!!

pode fazer que fica ótimo!

Sandra disse...

Oi Juju...Que encanto que é sua vida aí na Bahia.Um sonho!!!Moro,a contra gosto aqui em Curitiba,onde infelizmente as pessoas são frias e empinadas,que pena pois elas perdem o prazer necessário de conhecer o outro,suas histórias e fazerem assim mais amigos.Tem muita gente do bem neste mundo e parece que os curitibanos não sabem disso.Sou do interior de SP,onde todo mundo se conhece,diz ao menos um bom dia,não tem medo de abrir um sorrisão.Tambem tenho sonho de morar num paraíso assim,já sonhei até com o Morro do São Paulo.Beijo no seu coração e que DEUS continue iluminando sua vida aí nesse paraíso.

Allan Robert P. J. disse...

Corrigindo: "Rotondo", e não ciabatta.
Errei ao chamar o pão do Tunico de Ciabatta, que na realidade tem uma forma alongada [ciabatta = sandália], enquanto o Rotondo é, como se pode deduzir, redondo.