11.12.11

[11] Calendário de Natal - a rabanada

Tem casas de brasileiros que a rabanada não pode faltar na noite de Natal, é um costume antigo trazido pelos portugueses que a chamam de "fatia dourada", feita de pão dormido ou amanhecido, é um aproveitamento do pão que não pode ser jogado fora, muitos consideram pecado jogar pão fora porque simboliza a vida.
O nome rabanada vem do espanhol rebanada, que vem de rebanar, ou seja, cortar algo em fatias, rebanadas, parte por parte. Porém na Espanha é conhecida por torrija, come-se na quaresma e recomendada à parturientes, por isso é também chamado em algumas regiões como fatia de parida. Não foi inventada pelos portugueses, vários países fazem a rabanada com nomes e adereços diferentes, Indonésia (roti telur), Marrocos (khobz belbid), India (meetha andewala toast), Inglaterra (eggy bread, egg dip o gypsy toast), França (pain perdu) e nos Estados Unidos (french toast). A mais antiga referência à rabanada é do Império Romano, a saboreavam com mel. Nas variações da receita são usados suco de laranja ou raspas da fruta, alguns licores e especiarias como canela e noz-moscada misturados ao ovo batido com leite e essência de baunilha. O pão pode ser ou não amanhecido, e são usados vários tipos de pães, o italiano, pão de forma, brioches e pães de leite, e fica muito boa a rabanada feita com panettone.
Hoje tomei meu café-da-manhã com rabanadas, já com gostinho de Natal.

com pão francês e mel

com açúcar e canela

com panettone

O modo de preparo é simples, rápido e fácil.
misture o ovo com o leite e adicione gotinhas de baunilha
tem quem coloque açúcar nessa mistura, eu prefiro adicionar depois
no panettone não precisa adoçar
aí é só dar um banho na fatia e colocar para fritar com um pouco de manteiga

fatias douradas, pain perdu, french toast ou rabanadas, difícil quem não goste!

*

3 comentários:

Adri Magre disse...

A-do-ro rabanada, mas como péssima cozinheira que sou, as minhas ficam parecendo papel toalha de pastelaria. Quem sabe com essa receita, acerto...
beijos, tô adorando tudo.

Licia Dutra disse...

Amoo rabanada,faço para lanche e café da manhã o ano todo,mas não faço no natal e também nunca fiz de panetone,engraçado que passei muitos anos da minha vida chamando de "Maria parida",só a pouco tempo que descobri que era fatia parida.Beijos.

Santinha disse...

Aqui em casa A M A M O S rabanadas, mas ninguém quer mais encarar o fogão. A mamãe que mora perto da padaria mais famosa de São Paulo, mandou fazer no ano passado (e não contou nada para ninguem até que experimentassemos), nós aprovamos e abolimos essa tarefa que até então era dela.
E não é que as tais rabanadas estavam mesmo uma delicia?
bjus